Jornal O Estado de São Paulo - A17
Quinta Feira, 18 de novembro de 1999


UFSCar quer formar engenheiros "polivalentes"
Escola pretende lançar no mercado

profissionais multídisciplinares

A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) acaba de criar o curso de engenharia física, que já será oferecido no vestibular deste ano. 0 objetivo é lançar no mercado "engenheiros polivalentes", capazes de atuar em diversas áreas. Pioneiro no País, o curso é oferecido há 30 anos nos Estados Unidos.

    0 coordenador do curso de graduação em física da universidade, José Marques Póvoa, explica que a mobilidade do engenheiro físico é fruto da sua formação. 0 curso oferece ao aluno uma base sólida de química, física e matemática, capacitando-o a atuar em diversas áreas.

    Póvoa explica que a tendência do mercado, formado basicamente por pequenas e médias empresas, e exigir profissionais multidisciplinares. Para o coordenador, essa base de conhecimentos permitirá ao engenheiro solucionar os problemas que lhe forem sendo propostos no dia-a-dia. "A idéia é formar um profissional estudante" diz Póvoa, ao explicar que os alunos serão formados para enfrentar desafios, estudando-os caso a caso.

Curso - 0 coordenador ressalta que o curso estimula a criatividade dos alunos. Os profissionais poderão trabalhar com desenvolvimento, instrumentação e ciências dos materiais.

0 curso contará com 33 novas disciplinas, grande parte delas dirigida ao estudo dos fenômenos físicos nos quais se baseiam a maioria das aplicações tecnológicas da física moderna, como eletrônica avançada, vácuo e interface de equipamentos.

No exterior, os engenheiros físicos trabalham na Nasa e em empresas como General Eletric, Hewlett Packard, Honda e IBM.

No Brasil, atuam no ramo de compressores herméticos. Outra possibilidade é trabalhar com pesquisa acadêmica.

 

0BJETIVO É ESTIMULAR A
CRIATIVIDADE DOS ALUNOS